Série Música no MASP apresenta concerto com o Quinteto BrassUka

Segundo os músicos do BrassUka, o repertório existente para o quinteto de metais é “vasto, fascinante e emocionante”. Os trompetistas Moisés Américo da Silva e Pedro Santos, o trompista Eder Tavares, o trombonista Tiago Azevedo e o tubista Marcos Gomes Tudeia (tuba) têm buscado demonstrar isso a cada apresentação que fazem, sempre com o objetivo de levar a sonoridade desses instrumentos para diferentes plateias de uma forma irreverente e divertida.

Jovens e com carreiras individuais promissoras, elas há pouco mais de um ano formaram o BrassUka (uma brincadeira “brazuca” com “brass“, palavra inglesa que designa os instrumentos de metal). Hoje uma formação bastante usual, o quinteto de metais – dois trompetes, trompa, trombone e tuba – surgiu nos anos 1940 a partir dos instrumentos do naipe de metais das orquestras sinfônicas. Desde sempre passou a ser muito usado por estudantes ou profissionais como opção para prática de música de câmara.

O Quinteto BrassUka se insere nessa tradição, dedicando-se sem preconceitos a um extenso repertório que inclui obras de todos os períodos da música ocidental, inclusive de compositores contemporâneos, e ainda músicas do folclore de diversas culturas.

Convites para festivais – Desde sua formação o grupo fez inúmeros concertos em São Paulo e também fora do País. Em 2011 ganhou, pelo edital de ocupação de teatros de São Bernardo, a oportunidade de realizar concertos nos teatros Lauro Gomes e Elis Regina. Também em 2011 realizou apresentações no Museu da Casa Brasileira e no Teatro Humboldt, bem como concertos didáticos para crianças e adolescentes em escolas e instituições sociais. Além disso, tem participado da série “Horizontes Musicais” do projeto Guri Santa Marcelina, com apresentações em CEUs (Centros Educacionais Unificados).





Em 2012, o BrassUka participou do ‘Festival Internacional de Metais Isla Verde Bronces’, em Isla Verde, província de Córdoba, na Argentina – fez o concerto de abertura do festival e ainda concertos acompanhando o tenor Duilio Smiriglia e a soprano Gabriela Ceaglio, cantores do Teatro Cólon, e também o trombonista francês Jacques Mauger. O sucesso da participação no Isla Verde Bronces fez com que o BrassUka recebesse convites para festivais na Colômbia, Peru, Venezuela e Equador. Para o segundo semestre deste ano, o quinteto tem agendada turnê por cidades de Pernambuco, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais.

Serviço

Série Música no MASP

Sempre às terças-feiras, 12h30

17 de julho

Quinteto BrassUka

Onde: MASP (Grande Auditório, 374 lugares)

Endereço:Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

Telefones: 3266-3645 e 3266-3569

Quanto: Entrada Franca

Retirada de ingressos na bilheteria do museu

Duração: 60 min.

Indicação etária: Livre para todos os públicos





Deixe seu comentário

[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive] [an error occurred while processing this directive]