Teatro na Bela Vista: Peça No Quarto Ao Lado – O Espetáculo Do Vibrador volta ao Teatro Jaraguá

Em um consultório médico convencional, mulheres com diferentes diagnósticos de histeria e crises nervosas são tratadas com vibradores elétricos para aliviar as tensões. Parece ficção, mas a cena – que ambienta esta divertida comédia de Yara de Novaes – é real, e, mais do que isso, historicamente importante para a evolução da mulher na sociedade.

A invenção da eletricidade e o uso de estímulos elétricos como método terapêutico em meados do século XIX é o pano de fundo para falar de sexualidade e prazer na peça No Quarto Ao Lado. O texto da americana Sara Ruhl — vencedor de três Prêmios Tony e sucesso na Broadway — é uma história sobre emancipação feminina diante das transformações sociais e científicas da época.

Produzida em parceria pela Filmland Internacional e Ricca Produções, o espetáculo segue em cartaz no Teatro Jaraguá. Inteligente e divertida, a peça conquista o público de diversas idades, por falar de sexo com elegância e leveza.

Convidada para a direção pelos produtores do espetáculo LG Tubaldini Jr. e Giuliano Ricca, Yara de Novaes conta com um elenco jovem que canta e dança em cena – Daniel Alvim (Dr. Givings), Marisol Ribeiro (Catherine Givings), Julia Ianina (Sabrina Daldry), Luciano Gatti (Sr. Daldry), Rafael Primot (Leonard Irving), Maria Bia (Elizabeth) e Fafá Rennó (Annie). O figurino é de Fábio Namatame, cenário de André Cortez, trilha sonora de Dr. Morris, luz de Kleber Montanheiro e tradução de Clara Carvalho.





Inspirada na premiada comédia de Sara Ruhl (In The Next Room – ou The Vibrator Play – 2009), a peça se passa no século XIX, pouco depois do descobrimento da eletricidade. Unindo os dados históricos ao humor, o lascivo à inocência, o comedimento à ironia, No Quarto Ao Lado – o Espetáculo do Vibrador aborda de maneira sofisticada como o estímulo elétrico nas zonas erógenas passou a ser utilizado como método científico.

Antes, muitas mulheres com alterações hormonais ou de humor eram diagnosticadas como “histéricas”. Tratá-las com vibradores elétricos possibilitava não somente uma nova relação com seu corpo, mas uma via de libertação dos espartilhos – reais e metafóricos – da sociedade que as oprimia.

Provocativa e engraçada, a trama acontece em 1880, e mostra os casos clínicos que passam pelo consultório do Dr. Givings, jovem médico obcecado por novidades científicas, pelas maravilhas da tecnologia, e o que ela pode fazer por seus pacientes. Seguindo um método científico, ele aplica o recém-descoberto aparelho na região erógena das mulheres a fim de testar suas propriedades terapêuticas, descobrindo na vibração elétrica a cura para problemas como depressão ou distúrbios de humor.

Catherine, sua esposa, é apenas uma espectadora – ouvindo atrás da porta do quarto onde o marido trata suas pacientes. Dr. Givings não tem certeza de como o aparelho ajuda suas pacientes, que continuam voltando. A única mulher cujo problema não é tratado pelo médico é sua esposa, que sonha em conectar-se com ele não eletricamente.

Serviço:

No Quarto Ao Lado – O Espetáculo do Vibrador; Até 23 de fevereiro; Teatro Jaraguá; Rua Martins Fontes, 71, Bela Vista, São Paulo, SP; ingressos: R$ 50; Informações: (11) 3255-4380.





Deixe seu comentário

[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive] [an error occurred while processing this directive]